quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Meu coração é feito de morango com cobertura de chocolate. Frágil! Vive imutável. Respirando amor sempre que bate. Meu tum-tum vive de receio, por vontade, ou só por medo, para pronunciar à mim que ele está lá e deve ser escutado. É, meu coração tem dessa doidice de querer gritar quando dói, quando geme, quando sente, quando quase-falece , deixa de ser e quando quer arriscar. Eu sou feita dele, da cabeça aos pés. E se não fosse por ele, eu ñ existiria

Nenhum comentário:

Postar um comentário