domingo, 5 de agosto de 2012

Eu não queria saber nada, se quer queria lembrar-se desse moço, mas me deu uma imensa vontade de saber algo. Apesar de tudo me preocupo.  Eu compreendo que prometi.Que você seria só uma memoria,  da minha historia. Tú desaparecerias de vez, ou alguma coisa desse tipo, mas é  que é só olhar para os lugar que passo e tudo me faz lembrar daquele sorriso de menino que um dia acreditei.
Então ouvi aquela musica que te vi dançar um dia, e pensei que talvez esteja-te jugando mal. Que você é só um menino deste mundo de cão tentando ser algo. Toquei  meu coração e lembrei que você vive fazendo as pessoas sorrirem com este jeito de menino .E  sua alegria me fez sorrir. Sonhei com você e acordei com uma dor no peito, Por isso te liguei. Só queria saber se estava tudo bem. Afinal ñ preciso falar nada, basta ouvir sua voz que já vou saber se realmente esta bem. Ao contrário do que  pensa, não me arrependo de nada, viu?  Aquele e-mail foi  só um desabafo de alguém ferido.
Não pode disser nada quando te encontrei meu coração se calou. Isso é porque, sei lá... não sei dizer, só sei que queria saber neste moço! Não precisar dizer nada, olho para você lá de longe  e escuto tua respiração enfim desculpe mas uma vez. Uma vez aprendi que para se falar de alguém tem que olhar para si mesmo. E talvez eu também seja só uma menina confusa neste mundo de cão. E que realmente, não consigo disser mas nada, Tudo bem, você não precisa dizer nada agora, mas eu espero, que algum dia tu me digas, que se lembrava dos detalhes, da covinha do meu rosto  e das noites sambistas, ou ate mesmo do gosto do meu café, qualquer coisa assim. Que se lembrava de mim, é isso. Que bom que você está ainda do mesmo jeito. Prometo que já estou indo embora e não vou mais lhe importunar, só me deixa concluir... Obrigada. De verdade. Eu quero que tu sejas feliz, Então, tudo bem, não precisa dizer nada. É. Não precisa. Fique bem, te quero bem. Maria Flor vive dias de paz com coração. Mas ainda sim vou me manter longe....


Nenhum comentário:

Postar um comentário