domingo, 27 de janeiro de 2013


Tentei apagar todas as lembranças tristes da minha memoria.
Tentei recolher lembranças desnecessárias. Fiz minha seleção de memorias musicais. Daquelas que meu coração gosta de memorizar, como Chico Buarque, Marisa Monte, Roberta Sá, Tom Jobim, Jack Johnson, Milton Nascimento. Tem tantos que ficaria até amanhã escrevendo. Acho que ler Rubem Alves esta deixando meu coração lento e avassalador, cheio de saudades, meio nostálgico. Ando me sentindo Como o filme do Carteiro e o Poeta. A vida cheia de poesia sem fim. Como descrevi o lindo Rubem Alves ao escrever  o livro Ostra feliz não faz pérola:
''As idéias aparecem quando querem e não quando nós queremos. São como pássaros que repentinamente assentam-se no ombro da gente sem que os tivéssemos chamado. Isso acontece sempre comigo. Quando as idéias me apareciam eu tomava notas curtas, por vezes um simples aforismo. O título deste livro, Ostra feliz não faz pérola, me chegou assim. Imaginava que depois eu teria tempo de transformar esses pássaros súbitos em textos elaborados. Enganei-me. Os pássaros chegavam velozes, sem parar. E o tempo era curto para transformá-los em textos. O que me dava tristeza, manter meus pássaros assim engaiolados no meu bloco de notas... Tomei então uma decisão: soltaria meus pássaros do jeito mesmo como me haviam chegado, simples e curtos. Isso estava mais de acordo com o meu jeito de ser: sou um fotógrafo. Vejo e fotografo o que vejo com palavras. Assim é este livro, sem princípio, sem meio e sem fim. Um álbum de fotografias em que cada fotografia vale por si mesma, sem precisar estar ligada à outra fotografia colada ao seu lado. Tem uma vantagem: qualquer página é um começo e um fim.''
Maria Flor se senti assim quando escreve seus pensamentos no blog.
 Acho que Maria Flor anda querendo dançar todas as músicas, que a faça feliz, de exercitar á paciência. Com vontade de agir. Talvez seja isso que falta para completar Maria Flor. Um punhado de coragem e outro bom tanto de confiança. Maria flor decidi  por na pratica seus pensamentos, a começar por deletar as memórias e melancolias de sua alma. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário