domingo, 1 de março de 2015

 A vida é cheia de tentativas para amanhã, mas viver somente do amanhã não é uma boa escolha.  O grande erro de nossos dias e deixar tudo para depois. Exatamente, acreditando que a sempre forma de dias para permitir o que não se fez. Perdemos o quanto delicado a vida adiando nossas escolhas.  A existência se faz bonita em pequenas coisas, aproveitando cada momento com máximo de magnitude. Assim como o sol nasce todos os dias. Viver é recomeçar todos os minutos. Num instante percebemos que estamos sobrevivendo e viver torna-se raro.
Parece-me que tudo circula no mesmo sentido, mas as tentativas são as mesmas que levam sempre a espera do dia seguinte. O tempo voa. As escolhas se tornam frágil demais. O universo desenha linhas tortas e, às vezes, não tenho como fugir porque não consigo suavizar as aflições e evitar determinadas situações. Mas apesar de tudo tenho que tentar chegar em algum lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário