quarta-feira, 22 de abril de 2015

É muito difícil expressar em palavras os sentimentos. A agonia se transporta é o que deveria ser falado é transcrito, mas o coração cala as palavras e o silencio se transforma em linhas tortas, a vida sempre apresenta situações inesperadas é minhas fraquezas são inevitáveis.  Então como as palavras não saem escrevo este pequeno desabafo. E fica registro o que sento aqui dentro. É super confuso demonstrar em pequenas frases o que se sente.
Tinha prometido que não falaria, mas sobre sentimentos tristes, pois é tão, mas bonito falar do lado feliz das coisas. Preciso entender que cada um tem um modo de pensar sobre as coisas. Mas me machuca muito separa o que se pensa do que se sente.  Tenho que aprender que sentimentos e atitudes andam separados. Na verdade não entendo muito. Mas estou tentando entender eu juro. Lembro que sempre fui criteriosa em fazer o que se sente. Mas percebi que as coisas e as pessoas não são iguais. Cada um tem sua filosofia de vida.  O que é normal para algumas pessoas, para outras se torna tão complicado de entender!
A vida é equação não tem jeito. De caminhos diferentes com o mesmo resultado.
Lembre-me de quando havia pureza em mim, e senti saudades da menina que fui. Mas o que seria da vida se não existe-se uma transformação. E escrevo para me tornar forte. Mas ainda  sinto na alma aquela saudade, de  coisas verdadeiras  no mundo. Como um lindo obrigado sincero por qualquer atitude generosa da vida. Preciso explicar  ao meu  coração que a vida deve ser mas leve . Com dias simples. Café  com leite  pela manhã, pão e manteiga ,  simples e feliz.  Mas confesso que não é tão simples  entender o que se complica, justo pra mim, que sente demais. Mas preciso controlar melhor meus sentimentos.
É tão complicado   falar sabe? Registrar em forma de letras é bem mais simples.  A literatura fantasia os fatos.  Compreende-se melhor quando o texto é dito de forma imaginaria sobre o autor....


Nenhum comentário:

Postar um comentário