sexta-feira, 29 de maio de 2015

Toquei em minha fase delicadamente, senti o meu rosto quente. Carecia esconder os temores que abalavam meus pensamentos. Continuamente por muitas vezes, meu olhar se entregava  a verdade. Porque ele nunca sabe esconder meus pensamentos. Ele se entrega facilmente aos meus sentimentos. Meus olhos castanhos sempre tentam refletir o que esta escrita aqui dentro em minha alma.
Meu coração é o reflexo dos meus olhos. Quase sempre tento não olhar, para não me entregar facilmente e calar meus medos que aqui habitam.  Mas em contra partida tenho meu sorriso de covinhas, que quase sempre alegraram meu coração.
Adora a forma da alegria em vida.  Ela me encanta. Me trás paz. Quando era pequenina amava palhaços. As crianças morriam de medo. Eu amava a forma alegre das roupas coloridas. As  brincadeiras ingênuas. O humor quase sempre me ilumina. Me trás vida. Adoro almas coloridas. Almas que despertam sorrisos em corações humanam. O mundo brilha. Que os dias sejam, mas coloridos de alegrias com os sorrisos de pequenos atos.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Quase sempre a existência se materializa em uma parte da vida, quando o coração se perde em algum lugar turbulento que você necessita escolher.Carece decidir. Precisa conseguir não, mas querer. É preciso fugir em qualquer direção.Onde a ausência é, mas forte que a presença até seus pensamentos se cruzam com pequenos detalhes das lembranças. A memoria virá um refúgio ideal. Fernando Pessoa se faz presente no meu coração.
O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que elas acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”. 
Meus sentimentos ficam confusões. Talvez seja obvio que estou andando pelo caminho errado. Sempre faço tudo errado. Com este meu jeito de afastar tudo de mim.  O medo é sempre agressivo aqui dentro. Transparece em mim. Fujo, fujo ,fujo. O nosso tempo passou. Seus poemas pertencem a outra moça. Assim me convenço que nós nunca existimos. Está é sempre minha melhor opção. Nem que seja obrigada a me enganar, com o coração partido. Não vou ariscar o obvio. Basta olhar a volta. Não quero julgar jamais! Só penso que meu coração merece paz. Merece dias verdadeiros. Sorriso sinceros.É tão lindo. Esta alegria verdadeira dentro de você.Cativante demais, sedutora verdadeiro. É como um ima que atrai o universo. O universo te pertence moço.Sempre te pertenceu. Todos a sua volta percebem. As estrelas são pequenas perante um olhar tão grande.Seu caminho. Eu não mereço este olhar. Talvez o povo de Aruanda,nos levem em algum lugar. Em algum refugio sincero dentro dos nossos corações. Quem sabe um dia em uma linda floresta. Porque aqui neste mundo ainda prevalece o medo que mora em mim. 

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Às vezes o sono não vem e eu fico acordada imaginando coisas. Meus olhos ficam olhando o nada, meus pensamentos viajam para um mundo particular.  Voo para longe: Acho que me transformo em uma pequenina borboleta, daquelas bem coloridas que viajam em mundos desconhecidos. Minhas asas ficam bem abertas.  Meus lábios sorriem. As horas passam Quatro e meia.
Ligo uma musica. Ouso Chico! Meu coração se enche de esperança. Meu sono vira sonho é meus olhos quase fecham. O sossego da madrugada traz um estado meditativo dentro do meu ser.  Tenho medo às vezes. O dia amanhece é começa tudo de novo.