quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Tem momentos que é mais complicado que outros. Eu permaneço em silencio e meu coração tenta reconhecer a onde foi que eu me perdi, mas meus olhos tem uma visão nebulosa e incompreensível. O coração  aperta com aquela vontade de ficar, mas a boca cala qualquer sentimento.. Meu peito fica pequeno e apertado, como se quisesse desaparecer aqui dentro. O silencio toma conta de mim.  Meus braços me abraçam para acalmar meu coração. Não consigo compreender aonde quero chegar. Ainda existe uma lacuna enorme aqui dentro que  me faz querer mas do que tudo minha razão. Esta lacuna me separa de tudo que tenta permanecer por perto. Minha mente vive momentos de interrogações. Meus lábios formam milhões de palavras que não foram pronunciadas e ainda continuam sobrando aqui dentro. 
A voz não sai e minha mente vivência o silencio. Dói  não ver o sorriso de minha alma.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário