terça-feira, 12 de janeiro de 2016

O ano de 2015 se encerrou. Foi um ano de muitos acontecimentos, mas um ano se foi. Terminando o ciclo de aprendizagem. Todo ano é uma chance de crescimento. Os obstáculos que sempre aparece e, nos faz refletir sobre nossas ações e maioria delas, é consequência de nossos atos. Como se faz para entender a si? Acho que venci em alguns momentos. As barreiras internas.Eu perdi muitas chances eu sei. Mas nunca deixei de acreditar. 
Muitas coisas boas acontecem todos os anos. E quando o final do ano chega só pensamos no pior. A verdade é que o relógio corre e só olhamos o tempo do ano. Nossos atos são o presente. E não é o novo ano que muda isto, mas sim nosso modo de pensar de agir.  Acho engraçado as pessoas dizerem este ano vou ser melhor vou fazer diferente. A verdade é a mudança tem que vir de dentro para fora e não depende do ano e sim da forma como enxergo as coisas a minha volta.
Cada dia que passa percebo o quanto preciso mudar, o quanto tenho ser mais compreensiva com as pessoas e o mundo. Como é difícil, entender os atos das pessoas. E tão difícil sentir sem cobrar.
Mas estou aprendendo que para cobrar tenho que exigir a mim mesmo a mudança. Cobrar de mim. Só de mim. Ninguém tem culpa dos medos internos nem das nossas escolhas. Seria tão lindo enxergar o bem em tudo. E derrotar o mal com bem. Que o bem se destaque 2016. 
Assim seja! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário