terça-feira, 4 de outubro de 2016

Esta tudo confuso. Estou no meu imaginário novamente, como antes, em frente ao espelho eu me olho.  É estranha a sensação de olhar e enxergar o seu reflexo. Será que realmente transpareço tudo que sinto? A casca às vezes não permite..  Às vezes os receios nos transformar em pedra. Talvez seja o medo ou as letras das palavras interpretadas erradas. Quase sempre a um não entendimento da interpretação de cada suspiro. E tão difícil se expressar. Sou uma moça teimosa insisto em ser o que se acredita. O problema é que às vezes o que se acredita não é o que se transparece. O jeito é aprender com os erros e acertos da vida. Maria flor anda querendo andar descalça nos seus sonhos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário