sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

 Tem momentos que assemelhar-se a um livro, daqueles que marcam historias logo que chegam e nos surpreendem no estante da vida. Com aquele texto inicial engraçado, cotidiano e enfeitado com cheiro de flor.
Às vezes acabamos cruzando com pessoas formidáveis, com uma luz própria.
Que faz de um sorriso um dia alegre.   As historias de felicidade surge do reflexo de todo que  cruzamos  em nossas vidas e leva um pouco de nos. E quando surgem os acontecimentos parece que estamos sempre tentando nos identificar com historias de vidas de pessoas e lugares que nos entrelaçam por entre os dedos. O reflexo dos olhos , o vento e o cabelo  me lembravam  as melodias doce do meu coração. Como é bom mudar de opinião sobre a coisa. Acho que estou evoluído. É magico viver e reviver todos os dias. A obra da vida se traçando em pequenos atos.



terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Boa tarde Juliana Amorim
O amor se constrói aos poucos, na medida certa, nos detalhes simples, tornando a vida mais bonita, cheia de cor...
O amor se constrói com a beleza, com a calmaria, com a compreensão, com um sincero aperto de mão, com a consideração, com laços que se mantém unidos, rompendo barreiras, lutando, crescendo juntos, sem pensar no fim...
O amor se constrói com bases sólidas, na minúcia, nas pequenas alegrias .


sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Reviveu as lembranças, com os olhos sorrindo fez das recordações as melhores poesias. Ela não tinha muito vivenciado claramente suas memorias de lembranças talvez porque seu ibope  não era lá  aquelas coisas. E sempre preferiu levar a vida meditando sobre seus atos.  Mas seu sorriso era feito de pequenas musica de memorias que apareciam, quase sempre de dias simples e coloridos. Maria flor começa o ano com olhos cheios de esperanças.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

O OLHAR DO MENINO

 Bom dia Guimarães Rosa

Eu olhava esse menino, com um prazer de companhia, como nunca por ninguém eu não tinha sentido. Achava que ele era muito diferente, gostei daquelas finas feições, a voz mesma, muito leve, muito aprazível. Porque ele falava sem mudança, nem intenção, sem sobêjo de esforço, fazia de conversar uma conversinha adulta e antiga. Fui recebendo em mim um desejo que ele não fosse mais embora, mas ficasse, sobre as horas, e assim como estava sendo, sem parolagem miúda, sem brincadeira— só meu companheiro amigo desconhecido.[...] Mas eu aguentei o a  que do olhar dele. Aqueles olhos então foram ficando bons, retomando brilho. E o menino pôs a mão na minha. Encostava e ficava fazendo parte melhor da minha pele, no profundo, désse as minhas carnes alguma coisa.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Mas ano passando pela janela.
Ele começa meio torto pelo resultado 2016. Um pouco escuro na neblina, mas com um novo despertar delicadamente na cidade. A esperança sempre volta ao nascer de um novo amanhecer.  À medida que sol aparece sempre uma nova chance. O universo roda em cada detalhe e deixa para trás  tudo que  foi cumprido . Eu me sinto cheia de vida diante da imensidão do universo fora janela. Os dias renascem. O mundo virá uma coisa só.
A roda da vida cumpre seu papel todos os anos. Tudo vira vento.  Momentos bons e ruins. As oportunidades acontecem todos os anos. Reencarnar é viver intensamente cada minuto. Se deixar levar. Na expectativa da música interna, envolvida pelo som. A melodia da chuva vira poesia. O sol é sempre uma nova esperança e as estrelas nascem de memorias iluminadas e únicas. O céu serve para lembrar o quanto somos pequenos na imensidão do universo. O amanhecer é o resultado de chegadas e partidas. Esse é o papel da vida. Saudade palavra que resume o sentimento de abraços verdadeiros todos os anos.