segunda-feira, 8 de maio de 2017

Vamos Da versão de Maria flor já que ultimo texto que me identifiquei não foi escrito   Maria Flor e sim pelo blog aterapiadealice. Por sinal incrível
Penélope Maria flor é delicada como uma flor e completamente estabanada no jeito de se expressar. Faz força para ser sincera mas muitas vezes guarda suas verdades dentro de si. Prefere deixar que o vento leve suas escolhas porque acredita que a vida escreve uma única história. Ela chega de leve e devagar. Ela primeiro observa, pensa, acredita e quase sempre tem bom humor em descrever sua história. Acredita que semeando e que se planta. Ela sente sua força, mas tem fragilidade na alma. Suas atitudes quase sempre poéticas. Faz tudo em silencio porque acredita que as coisas invisíveis são duráveis. A maioria das vezes, ninguém entende o jeito dela. Ela Resmunga respira fundo ao invés de gritar. Ela pode até perder o domínio de si, mas não perde o bom senso. As vezes o que os outros fazem em atitudes e palavras atingem e machucam, mas ela não rebate na mesma moeda porque acredita inteiramente no bem. Acha que a bondade é o caminho para as pessoas ao seu redor – nem sempre dá certo. A maioria das vezes ela sofre calada… é que ela é assim.  Mas não exagere da sua bondade, ela sabe por limites e não tente ultrapassá-los. No sorriso guarda uma mulher que tem certeza do que quer. Ela tirou do seu vocabulário Talvez e o quem sabe. Ela é intensidade mas para ela é tudo, ou nada. A vida ensinou que nem sempre dá tudo certo, mas sempre acha um caminho para seguir. 

terça-feira, 2 de maio de 2017

Ela é uma moça vestida de  mulher, sonha alto e colore o mundo com todas as suas cores. Ela não tem asas, mas sabe voar. Ela é real, imperfeitamente perfeita. Os cabelos refletem o brilho da alma e o perfume dela é inconfundível. Ela ri dos próprios problemas e tem fé que o amanhã será melhor.Ela não gosta de esperar, vive contando os segundos, arruma o cabelo, olha desconfiada e confia. A vida a ensinou a nunca desistir, ela é determinada, trabalha, vai à luta e persiste até conseguir o que quer. Quando erra, consertaEla não é obrigada, pensa no que diz, mas não controla o que sente. Já brigou com a vida, hoje escolhe as suas batalhas – e não perde o hábito de vencer todas elas. Ela é forte e ao mesmo tempo frágil, chora na própria companhia. É durona, mandona, romântica incurável. Ela já sentiu a dor, sofreu por amor, se despedaçou e se reinventou.
Ela pode ser a solução dos seus problemas, ou a sua dor de cabeça. Consegue ser doce, azeda e amarga, depende do que a vida lhe oferece, ela sabe bem como retribuir. Anda de sapatilha sem sair do salto, ela te apoia, te perdoa, se esforça para ver o lado bom das coisas. Ela é riso sincero e verdade no olhar. Ela é linda e nem imagina o quanto…Ela é diferente, do tipo que você não encontra por aí. Os amigos ela escolhe a dedo e o amor a escolhe o tempo todo. Ela não é para qualquer um, mas quando se entrega é por inteiro – ela não sabe dosar sentimentos em parcelas. Tenta disfarçar o ciúmes e não te pede para ficar, porque ela sabe que se você for embora, quem sai perdendo não é elaEla não é fácil e quer sempre mais!

(Blog aterapiadealice)